Para a minha segunda vez em Acra não queria repetir o “erro” da primeira, de mal sair do hotel! Obviamente nestes lugares tenho mais reservas em sair sozinha e como da última vez ninguém da tripulação quis passear, eu tive de ficar com eles, limitando-me a descer até à praia para ver os pescadores. Desta segunda uma colega quis acompanhar-me, pelo que ligámos ao Kwadwo – Ken, o contacto de confiança que temos no Gana, um senhor muito simpático já de alguma idade, para nos levar a passear pelos mercados de Acra. Passear com o Ken é óptimo porque ele nos indica quais as bancas de confiança para comprar fruta, faz-nos o melhor preço, não deixando que abusem por sermos turistas e ainda “afugenta” alguns vendedores mais chatos, embora por lá não haja muitos.
.
Começámos pelo Makola Market, o grande mercado de Acra, onde se encontra de tudo – comida, roupa, bijuteria, produtos de higiene e até cabeleireiras e costureiros (curiosamente todos homens). Um daqueles sítios que te faz sentir verdadeiramente em África, especialmente quando éramos as únicas caucasianas em todo o mercado! O que mais me impressionou foram uns caracóis terrestres gigantes que tinham logo à entrada e todo o peixe frito, que não dava vontade alguma de provar.
.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.
Depois de comprarmos, segundo o Ken, as melhores mangas do mundo – que realmente eram boas, mas quando nos deixam com as expectativas tão altas não é fácil (para além de que o Ken nunca foi ao México!), seguimos para o Centro de Cultura Nacional, um mercado de artesanato, muito mais organizado e bem mais turístico. Aqui encontramos também roupa já feita ou capulanas a metro, estátuas de animais e de pessoas, máscaras, bijuteria, imans, etc. Gostei mais do primeiro mercado, tão mais caótico e típico!
.

 

 

 

 

.
Almoçámos num restaurante sugerido pelo Ken, o Country Kitchen, com comida típica ganesa. Pedimos um Jolof Rice e un Garin Foto, ambos com frango. O primeiro é um arroz com especiarias, o segundo uma espécie de cous cous de mandioca, ambos demasiado picantes para mim! Por fim regressámos ao hotel para um mergulho na piscina bem merecido e uma bela sesta antes de voar de volta para Lisboa, nessa mesma noite!